Voltar
  • 7782172651934U

Networking, formação, motivação e reconhecimento foram os elementos chave de uma viagem histórica organizado pelo PIR e pela UCI, com o apoio da APEMIP e da NAR, que levou pela 1ª vez uma comitiva portuguesa à Conferência Anual da NAR, que este ano decorreu em São Francisco.

Depois do acordo firmado pela National Association of REALTORS® (NAR) em 2018 com a UCI e a APEMIP e que resultou na criação do PIR como representante da NAR em Portugal, tornou-se possível aos mediadores imobiliários portugueses tornarem-se IRM (International REALTOR Members) da NAR. E passado 1 ano foi o momento de dar outro grande passo: organizar uma comitiva que representasse Portugal no maior evento mundial do setor.

 

A aventura decorreu entre 7 e 12 de novembro e o que não faltaram foram pontos altos, desde a tomada de posse de Vince Malta como Presidente 2020 da NAR, a sessões de aprendizagem com grandes especialistas em tecnologia (Jim Collins) e gestão de equipas (Jared James), sem esquecer as sessões motivacionais com personalidades tão sonantes como o basquetebolista Magic Johnson e a icónica tenista Billie Jean King, condecorada pelo Presidente Obama com a Presidential Medal of Freedom e considerada pela Life Magazine com uma das 100 personalidades americanas mais importantes do século XX.

 

Foi também de grande importância a presença no Global Business & Alliances Committee, em que os participantes dos 85 países em que a NAR está representada analisaram como potenciar os negócios imobiliários internacionais. E se dúvidas houvesse que a aposta em compradores internacionais é acertada, certamente que ficou dissipada quando se percebeu que só nos EUA esses compradores fizeram no último ano negócios que ascenderam aos 77.9 biliões de dólares.

 

Uma viagem histórica em que a bandeira de Portugal subiu ao palco principal da NAR e a nossa comitiva foi recebida pela Presidente 2018 da NAR, Elizabeth Mendenhall, que lhes entregou pessoalmente o pin da NAR, o símbolo máximo de reconhecimento mundial dos profissionais do setor.

 

Agora que já sabe tudo o que perdeu, fique atento porque para o ano há mais.

Partilhe esta notícia nas redes sociais

Notícias relacionadas